domingo, 27 de fevereiro de 2011

Centenas de pessoas participam do Dia do Abraço na Guarda do Embaú









Canoeiros, artistas, surfistas, turistas, moradores, comerciantes e políticos participaram ontem, 26, do Dia do Abraço no Rio da Madre, na praia da Guarda do Embaú, em Palhoça, na Grande Florianópolis. Uma iniciativa do Movimento SOS Rio da Madre, criado para sensibilizar e acionar o poder público para a resolução dos problemas ambientais e de infraestrutura do local, considerado por diversas vezes como um dos mais lindos e melhores para a prática do surf do mundo.

"As ações da semana nas esferas públicas surtiram efeitos positivos que irão nos auxiliar na continuidade do Movimento e o evento superou todas as expectativas, tanto nas atividades que foram programadas quanto na presença do público e de diversas autoridades", resume o presidente do movimento, Plínio Bordin.

Cerca de 600 pessoas participaram do ato simbólico, que foi transmitido ao vivo pelo site embausurf.com.br em parceira com a strembrasil.com, de um grande abraço no Rio da Madre e mais de mil pessoas participaram das atividades do evento que teve o propósito de conscientizar as pessoas e orgãos públicos para a necessidade de saneamento básico urgente no estuário do Rio da Madre. O Rio está impróprio para o banho e recebendo em suas águas esgotos à céu aberto, que desembocam diretamente no Oceano Atlântico.

A banda Sociedade Soul e diversos músicos da região comandaram os shows enquanto práticas de yoga, pilates, musicoterapia e apresentações de teatro aconteciam na beira do Rio. Futebol entre artistas, surfistas e comunidade sob o comando do irreverente Margarida, que também aderiu ao Movimento, corridas de canoa, passeios de caiaque, aulas de natação e surf com as crianças, confecção e lance de tarrafas com os pescadores e barqueiros também pautaram a intensa agenda de ações do dia.

Um painel indicador dos dias para o início das ações pelo poder público também foi inaugurado na beira do Rio da Madre e o início da análise do rio em vários pontos começou a partir de ontem por Djan Porrua Freitas, da QMC Saneamento. Na oportunidade cerca de 750 assinaturas foram registradas no abaixo-assinado que será usado como material de apoio para as ações seguintes.

Segundo o morador e comerciante do local, Vilson Pereira, o turismo decaiu muito como também o perfil do turista mudou, em consequência dos problemas de infraestrutura e das condições de balneabilidade do local. "Além de ser um cartão-postal, milhares de pessoas transitam pelo Rio da Madre para ter acesso à praia, e também é o meio de sobrivência para sustento dos pescadores", cita o morador.

Considerado o grande encanto da região, a sobrevivência da praia da Guarda do Embaú depende da recuperação do Rio da Madre. O Rio, que integra a Reserva Estadual da Serra do Tabuleiro, vem sofrendo sérias agressões ambientais, como a retirada da mata ciliar de suas margens, a contaminação por agrotóxicos consequentes do cultivo de arroz em Paulo Lopes - e o lançamento de esgotos, considerado um dos principais problemas atuais, que afeta negativamente a economia, o turismo e a qualidade de vida na região.


Fotos: Plínio Bordin, Bianca Bordin e Luciane Santos
Foto 'aérea': Betina D'Ávila


Larissa Linhares Comunicação
Assessoria de Imprensa e Comunicação
Produção de Eventos e Cerimonial
comunicacao@larissalinhares.com.br
+55 (48) 8814 5251 – 3028 1715

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Movimento SOS Rio da Madre definiu programação do Dia do Abraço, amanhã, sábado, a partir das 11 da manhã


Reunião do Movimento SOS Rio da Madre, realizada ontem à noite,25,no restaurante Filo por Kilo, na Guarda do Embaú, definiu últimos detalhes para o Dia do Abraço e serviu para fazer uma balanço das atividades realizadas até o momento.

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Movimento SOS Rio da Madre realiza o Dia do Abraço neste sábado depois de realizar manifestação nas esferas públicas municipal e estadual






Com o objetivo de sensibilizar e acionar o poder público para a resolução dos problemas ambientais e de infraestrutura da praia da Guarda do Embaú, duas importantes mobilizações aconteceram nesta terça e quarta-feira, dias 22 e 23, na Câmara dos Vereadores de Palhoça e durante a sessão plenária da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, respectivamente. Alguns resultados já somam-se ao Dia do Abraço, que acontecerá neste sábado, dia 26, das 11h às 17h, em frente ao Rio da Madre.

Na Câmara Municipal de Palhoça (foto 5), na noite de terça-feira (22), com a presença de mais de 50 pessoas, foi apresentado na tribuna e entregue um documento oficial com as reivindicações do Movimento, como passo inicial em busca do saneamento básico para a região e recuperação do estuário do rio da Madre, que fica em frente à vila da Guarda do Embaú. O Movimento alcançou o apoio unânime dos vereadores que agendarão uma entrevista com a Ministra da Pesca e Aquicultura, a catarinense Ideli Salvatti e a Ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira.

Já na Assembleia Legislativa de Santa Catarina, ontem à tarde,23, o Movimento SOS Rio da Madre, contou com importantes adesões e iniciativas. O discurso do deputado Sargento Soares, do PDT(foto 1) alertou sobre a urgente necessidade em resolver o problema, por meio de uma apresentação de slides das belezas naturais da Guarda do Embaú e a atual e lamentável situação do esgoto a céu aberto na vila. Os representantes do Movimento também foram recebidos pelo deputado Marcos Vieira (PSDB), juntamente com o vereador André do Cartório (PSDB), que mostrou interesse no tema. A deputada Angela Albino, do partido do PCdoB (foto3) recebeu uma cópia da Moção e se prontificou em encaminhar para o Governador.

A deputada Dirce Heiderscheidt, do PMDB (foto 4), também recebeu o Movimento e vestiu a camisa. Disse que está com o movimento e vai participar a fundo do processo para apressar a solução. O deputado Renato Hinnig (PMDB), em parte, também apoiou o movimento se colocando à disposição para atender a comunidade. Por último, o deputado Neudi Saretta (PT), presidente da Comissão de Meio Ambiente (foto 2), se propôs a realizar uma audiência pública.

O Rio da Madre - O Rio, que integra a Reserva Estadual da Serra do Tabuleiro e desagua no Oceano Atlântico pela praia da Guarda do Embaú, vem sofrendo sérias agressões ambientais. Entre elas, a retirada da mata ciliar de suas margens, a contaminação por agrotóxico - produzido principalmente pelo cultivo de arroz em Paulo Lopes - e o lançamento de esgotos, considerado este como um dos principais problemas atuais, pois afeta negativamente a economia, o turismo e a qualidade de vida na região.

“Estamos diante de um patrimônio natural universal e que diz respeito a todos nós. O saneamento básico é primordial e acreditamos que, por meio desta união inédita de diversas pessoas e organizações, vamos alcançar este objetivo”, diz o presidente do Movimento, Plínio Bordin.

O Movimento - Formado por moradores, surfistas, pescadores, comerciantes, empresários, artistas e amantes do Rio da Madre, o Movimento SOS Rio da Madre prepara uma série de ações para fortalecer a iniciativa. Entre elas, o Dia do Abraço, neste sábado, dia 26, das 11h às 16h, quando acontecerá um grande abraço salvador em volta do Rio.

Dia do Abraço - Apresentações culturais, artísticas e musicais, esportes ao ar livre e aquáticos e um painel indicador dos dias para o início das ações pelo poder público integram a programação do evento. O Dia do Abraço pretende unir centenas de pessoas preocupadas com o ritmo acelerado da degradação do Rio da Madre. A sobrevivência da praia da Guarda do Embaú depende da recuperação do Rio, considerado o grande encanto da região.

--------
Serviço
O QUÊ – Dia do Abraço no Rio da Madre
QUANDO – Dia 26.02 (sábado), das 11h às 17h
ONDE- Guarda do Embaú, em frente ao Rio da Madre

Mais Informações
Larissa Linhares Comunicação – comunicacao@larissalinhares.com.br – (48) 8814 5251
Plinio Bordin -(48) 9983 3843 | Marcos Aurélio Gungel - (48) 99721713

Crédito Fotos: Plínio Bordin

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Movimento SOS Rio da Madre realiza manifesto na ALESC nesta quarta-feira


Com o objetivo de sensibilizar e acionar o poder público para a resolução dos problemas ambientais e de infraestrutura da praia da Guarda do Embaú, o mobilização acontecerá na sessão plenária da Assembleia Legislativa de Santa Catarina desta quarta-feira, dia 23, a partir das 14h, depois da manifestação na Câmara dos Vereadores de Palhoça, que acontece amanhã, dia 22, às 20h.

Na ocasião, será apresentado e entregue um documento oficial com as reivindicações do Movimento, como passo inicial em busca do saneamento básico para a região e recuperação do estuário do rio da Madre, que fica em frente à vila da Guarda do Embaú.

O rio da Madre, que integra a Reserva Estadual da Serra do Tabuleiro e desagua no Oceano Atlântico pela praia da Guarda do Embaú, vem sofrendo sérias agressões ambientais. Entre elas, a retirada da mata ciliar de suas margens, a contaminação por agrotóxico produzidos principalmente pelo cultivo de arroz em Paulo Lopes e o lançamento de esgotos, considerado este como um dos principais problemas atuais, pois afeta negativamente a economia, o turismo e a qualidade de vida na região.

O Movimento - Formado por moradores, surfistas, pescadores, comerciantes, empresários, artistas e amantes do Rio da Madre, o Movimento SOS Rio da Madre prepara uma série de ações para fortalecer a iniciativa. Entre elas, o DIA DO ABRAÇO, neste sábado, dia 26, das 11h às 16h, quando acontecerá um grande abraço salvador em volta do rio.

Dia do Abraço - Apresentações culturais, artísticas e musicais, manifestações livres e um painel indicador dos dias para o início das ações pelo poder público integram a programação do evento. O Dia do Abraço pretende unir centenas de pessoas preocupadas com o ritmo acelerado da degradação do Rio da Madre.

Serviço
O QUÊ – Manifestação popular do Movimento SOS Rio da Madre
QUANDO – Dia 23.02 (quarta-feira), às 14h
ONDE- Assembleia Legislativa de SC

MAIS INFORMAÇÕES –
Larissa Linhares Comunicação – comunicacao@larissalinhares.com.br – (48) 8814 5251
Plinio Bordin – Presidente do Movimento – (48) 9983-3843
Marcos Aurélio Gungel – (48) 9972-1713

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Insatisfação é geral no sul de Palhoça. Moradores tocam fogo em pneus e interditam rua geral entre a Guarda do Embaú e a Pinheira




Insatisfeitos com a infraestrutra da rua Piricó, transversal a rua geral, entre a praia da Guarda do Embaú e a praia da Pinheira,em Palhoça/SC, que está alagada, moradores atearam fogo nesta manhã, dia 18, em pneus e colocaram uma faixa vermelha em protesto à administração municipal. Segundo Reginaldo Osvaldo Moreira, 55 anos, o local está há mais de 30 dias alagado. "Eu mandei um fax para o Secretário de Obras e até agora nada mudou. Tive que mandar a minha esposa, que está grávida de 8 meses para a casa da mãe dela. Estamos nesta situação desde 2010, quando se agravou o problema,só que o carne do IPTU já chegou" reclamava. O servidor da prefeitura, Senhor Quintino, representante da Secretaria do Sul argumentou que o problema está ocorrendo porque precisa colocar alguns tubos de concreto para dar vazão à água, mas os canos terão que passar por dentro de terras particulares, e o dono não está permitindo". O trânsito ficou interditado por cerca de 40 minutos e só foi liberado depois que o senhor Quintino prometeu acelerar o processo. Enquanto isso, no centro da Pinheira, as obras de emergência para conter vazamento de esgoto mais parece um canteiro de obras. Na Guarda do Embaú, além do Movimento SOS Rio da Madre, deflagrado recentemente, moradora teve que botar a mão na pá para tapar burado da estrada.

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

“Movimento S.O.S RIO DA MADRE” ganha força e adesão


O “Movimento S.O.S RIO DA MADRE” deflagrado no ultimo sábado, dia 11, na Guarda do Embaú, por um grupo composto por moradores, surfistas, comerciantes, empresários, pousadeiros, artistas e amantes do Rio da Madre ganhou força e adesão nesta terça-feira, dia 15, quando foi realizado mais um encontro. Na oportunidade foi escolhida a comissão que vai encabeçar o Movimento: Plínio Bordin (Presidente); Marcos Aurélio Gungel (Vice-presidente); Aldo Rey Junior (1º. Secretário); Marli Marçal (2º. Secretária); Sandra Cristina Agostinho (Tesoureira); Washington Madeira e Cristina Filomeno ( Atividades Esportivas); Larissa Linhares (Assessora de Comunicação); Geraldo J. H. da Rosa e Luis Pimenta (Assessoria Ambiental).

O PORQUE DO MOVIMENTO

O Movimento pretende sensibilizar as autoridades e organizar um ABRAÇO salvador ao Rio da Madre, na Guarda do Embaú, como passo inicial em busca do saneamento básico para a região e adjacências e resolução dos demais problemas ambientais e de infraestrutura. Até o fechamento da coluna algumas personalidades conhecidas do estado já se engajaram no movimento. O surfista Teco Padaratz; o deputado estadual Renato Hinnig (PMDB); o grupo teatral Bruxos da Corte, os músicos André Guesser (Samambaia Sound Club); Gustavo Barreto (Sociedade Soul), Macarrão (Nós Na Aldeia), Zabeba, Tavinho Canastra, Nathan Malagolli, Timbre, o surf repórter de Florianópolis Maurio Borges, os surfistas Ricardo dos Santos, Vinícius Pereira, Júnior Maciel, Carlos Kxot, Nodin Silveira; os artistas plásticos Jacob Silveira, Maurício Loureiro e Plínio Verani, o ex-vereador de Santo Amaro da Imperatriz, Sandro Vidal; Marli Marçal, ex-vice-prefeita de São José, o professor Washington Madeira e é claro, uma relação de cidadãos preocupados com o ritmo acelerado da degradação do Rio da Madre.

COMO PARTICIPAR DO SOS RIO DA MADRE

1.Dia 22/02/2011 a partir das 19h30 - Manifestação na Câmara de Vereadores de Palhoça;

2.Dia 23/02/2011 a partir das 14h00 – Manifestação na Assembleia Legislativa

3.Dia 26/02/2011 – DIA DO ABRAÇO –
Local: beira do Rio da Madre, das 11h00 às 19h00.

Atividades no DIA DO ABRAÇO :
- Abaixo-assinado;
- Microfone aberto para o “BOCA NO TRAMBONE”;
- Apresentações artísticas livres (música, teatro, malabares, índios, artes plásticas, boi de mamão, maracatu, esportes aquáticos, futebol, vôlei, ciclistas, pipas, missa ou benção, etc. Importante salientar que não haverá necessidade de inscrição, basta chegar ao local e mostrar sua arte ou apenas curtir a natureza.
- Momento do ABRAÇO (a combinar o horário exato, mas deverá ser por volta das 16h00) quando será formada uma corrente humana em parceria com os canoeiros, surfistas, comerciantes (que fecharão suas portas neste momento), turistas e moradores para O ABRAÇO NO RIO DA MADRE.

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Começa "Movimento SOS Rio da Madre"


Grupo composto por moradores, comerciantes, pousadeiros e amantes do Rio da Madre criaram no ultimo sábado, dia 11, o MOVIMENTO S.O.S RIO DA MADRE, atividade pacífica de conscientização para a preservação do rio e adjacências, em função do descaso dos órgãos públicos e de pessoas insensíveis com o meio ambiente. Assim resolveram se reunir e organizar um ABRAÇO salvador ao Rio da Madre, como passo inicial em busca do saneamento básico para a região e resolução dos demais problemas ambientais.

Atividades e serem desenvolvidas:

1.Confecção de camisetas, faixas, cartazes, adesivos, mídia, etc;

2.Criação e gravação de um “jingle” por artistas locais;

3.Vídeo;

4.Dia 22/02/2011 - Manifestação na Câmara de Vereadores de Palhoça (a confirmar o
horário);

5.Dia 23/02/2011 a partir das 14h00 – Manifestação na Assembleia Legislativa

6.Dia 26/02/2011 – DIA DO ABRAÇO –
Local: beira do Rio da Madre das 11h00 às 19h00
Atividades:
- Abaixo-assinado;
- Microfone aberto para o “BOCA NO TRAMBONE”;
- Apresentações artísticas livres (música, teatro, malabares, índios, artes plásticas, boi de mamão, esportes aquáticos, futebol, vôlei, ciclistas, pipas, missa ou benção, etc. (Importante salientar que não haverá necessidade de inscrição, basta chegar ao local e mostrar sua arte).
- Barracas da Associação Caipora, Polícia Ambiental, Greenpeace, Fecasurf, ASPG, Usina de Reciclagem da Pinheira, etc.
- Momento do ABRAÇO (a combinar o horário exato, mas deverá ser por volta das 16h00) – formar uma corrente humana em parceria com os canoeiros, surfistas, comerciantes (que fecharão suas portas neste momento), turistas e moradores para O ABRAÇO NO RIO DA MADRE.

Acompanhem as novidades da programação do Movimento no Facebook no endereço http://www.facebook.com/?ref=home#!/event.php?eid=190323517664734 ou aqui no blog.

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Swell tem apoio da marca de roupa de borracha Fluel


O garoto Swell Henrique (Ballangh) que já tinha fechado o ano de 2010 super contente, pois fez 10 finais ao longo do ano, está ainda mais feliz porque
conseguiu o apoio da marca FLUEL (roupas de borracha) e, ao participar da primeira etapa do Imbitubense PRO/AM nos dias 05/06 de fevereiro, entre 16 atletas, ficou na terceira colocação. Swell é mais um surfista da novíssima geração da Guarda do Embaú com futuro promissor no esporte.

Operação "Viva Verão" da prefeitura de Palhoça vira "Operação Moscas"


Os técnicos e funcionários da prefeitura municipal de Palhoça que realizam a “Operação Viva Verão”, leia-se esportes na praia, ficaram “às moscas” no último sábado, dia 12, quando montaram “o circo” na beira do Rio da Madre, na Guarda do Embaú, bem ao lado do maior foco de poluição. Colocaram a música, demarcaram o campo de futebol e o de vôlei, armaram a cama elástica e ficaram esperando os cidadãos, que desavisados, demoraram em entender que aquilo era um evento da administração municipal e nem deram a mínima.

A arte de Maurício Loureiro em seis perguntas



O artista plástico paulista nascido no Guarujá, Maurício Loureiro, de 40 anos, está a muitos anos residindo em Floripa, e neste verão deu a “graça” na Guarda do Embaú, onde reviu alguns amigos e aproveitou para exercitar sua arte pintando nas paredes externas e internas de alguns restaurantes e pousadas. É fácil reconher sua arte pelas cores vibrantes retratando o cotidiano. “Pintar é a minha vida, sou um pintor de amor”, dizia, enquanto preparávamos esta entrevista.

1. Como e quando foi o encontro com a arte de pintar?
Comecei a desenhar aos 14 anos, e a pintar com 19 anos em telas, já com estilo próprio.

2. Como você classifica a sua arte?
Classifico minha arte como figurativo, retratando o cotidiano do Estado de Santa Catarina; o folclore; trabalhos marinhos e arte pop; usando cores fortes e de fácil leitura.

3. Onde mais, além do Brasil, estão expostos teus trabalhos?
Já mandei telas para a Espanha, Alemanha, Canadá e nos USA para Miami, New York e Orlando.

4. Qual a tua relação com a Guarda do Embaú?
Minha relação com a Guarda do Embaú começou há algum tempo. Amo este lugar, e dez anos depois de conhecê-la voltei a frequentar, pois tenho amigos maravilhosos que moram ou passam o verão todo na praia, como a Tina Filomeno e o surfista Carlos Knol (Gama), e através deles tive o prazer de conhecer muitas pessoas, sejam empreendedores ou empresários que fazem parte de suas vidas.

5. Como o leitor pode conhecer a tua arte?
Além de vir na Guarda do Embaú, podem conhecê-la através do site de vendas na galeria virtual no endereço http://www.facebook.com/l/97e3cNSDVp-St1K5qj5107ydk4g;www.vendadearte.com.br/mauricioloureiro ou me ligar no número (48) 9610-8700.

6. E o futuro?
O futuro só a deus pertence, mas como todo mundo eu almejo um lugar melhor e pintando sempre, e é claro, ser reconhecido pela minha arte.

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Tainá, surfista da Guarda de apenas 7 anos, entra pra equipe Mormaii



O shaper e experiente surfista Carlos Kxot e sua esposa Janete estão com o sorriso atrás da orelha, pois sua filha Tainá, de apenas 7 anos, entrou para a equipe Mormaii de surf. A notícia foi dada pelo Netão, chefe da equipe Mormaii, na última semana de janeiro, na praia Mole, onde a equipe Mormaii treina constantemente no CT Arágua. A pequena Tainá tem se revelado boa competidora e sempre que participa de algum evento sobe ao pódio. Como existem poucas meninas da idade dela praticando o surf, ela tem se destacado entre os meninos. Segundo Kxot, sua filha, no entanto, não vai estar sob pressão, tendo em vista que a multinacional não vai cobrar resultados em competições até ela completar 9 anos.

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Contrastes latinos...

Muito legal você sair da praia e encontrar uma Unidade Móvel de Saúde do município bem a sua frente, para se quiser, verificar a pressão, o nível de glicose e ainda obter informações sobre as Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST), inclusive com distribuição de preservativos masculinos e femininos. Este é o projeto da Secretaria de Saúde, que está fazendo rodízio da Unidade nas praias de Palhoça. Nesta terça-feira, dia 1, ela estava na Guarda do Embaú, bem na beira do rio, onde está instalado um problema ambiental e de saúde pública sério, cujo secretário da pasta, segundo informações dos servidores que lá atendiam, viu e sentiu que o problema é grave. Só falta resolver! Confira o vídeo com o depoimento do surfista Carlos Knoll, o Gama, que passava pelo local.
video